quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Um ano de blogue, quase um mês de whole30 e uma mudança de vida!

Parece incrível, mas faz hoje um ano que a Saudável como um pêro nasceu, um blogue onde tenho o privilégio de registar e partilhar a minha mudança de vida, desde que me decidi a adoptar um estilo de vida saudável, com especial incidência nas receitas criadas, adaptadas ou inspiradas noutras pessoas e páginas :)

Um blogue que conta com 335 878 visualizações e 12 862 seguidores na página do facebook (oh meu deus, onde é que eu tenho andado que estamos quase nos 13 000 e eu ainda não tinha dado conta!!).

Este ano passou, literalmente, a correr. 

Fazendo uma retrospecção é notório que, aprendi tanto (e continuo a aprender), evolui imenso, conheci pessoas maravilhosas e tive oportunidade de fazer algo nunca antes por mim feito.

À data de início deste cantinho, só fazia treino funcional, depois passei para a musculação e, desde Novembro que me mudei de armas e bagagens (e de <3) para o crossfit.

Comecei com uma alimentação com glúten, com especial incidência nos hidratos complexos, posteriormente, retirei o glúten da alimentação, procurando boas fontes de hidratos complexos sem esta proteína e, desde o início do ano, sensivelmente, que retirei todos os cereais e leguminosas e, no último mês,  a propósito do whole30 (que se pode tornar um whole for life com umas facadas pelo meio!) eliminei ainda os lacticínios. 

Um ano depois, posso afirmar que, encontrei o que me faz sentir bem comigo própria, feliz e completa, quer na alimentação, quer no treino :) Tendo em conta que há pessoas que demoram uma vida para o encontrar, creio que até fui rápida! <3

Ainda que tenha ingerido bacon do demo, o que me fez reiniciar a contagem do whole30 e acrescentar mais 30 dias, a título de penitência eheheh, o que é certo é que já passou quase um mês e importa registar as alterações que  tenho sentido com este programa.

1) A primeira e mais notória foi a ausência de picos de insulina, como tinha constantemente, face à quantidade de hidratos que estava a ingerir para ver se aumentava a massa magra, o que se traduziu em menos fome depois das refeições - já tinha contado aqui que, assim que acabava de comer fica esganada de fome :/ 

2) Faço uma melhor gestão do apetite (e da saciedade) se começar o dia com uma refeição cheia de proteína e de gordura (aliás, isto é essencial em todas as refeições), em conjunto com os vegetais;

3) A fruta mais doce, faz-me disparar a insulina e dá-me fome mais cedo do que é usual, por isso tenho evitado comer fruta muito doce;

4) A inclusão de boas fontes de gorduras, não nos fazem mal algum, como nos ensinaram durante anos e anos, sendo benéfica em todos os aspectos, a sua inclusão - com especial incidência na regulação hormonal e no apetite;

5) Estou a descobrir o verdadeiro sabor dos alimentos. Quando fiz a manteiga de coco achei tão enjoativa (de doce) que até tenho evitado comer;

6) Os meus treinos começaram a render muito mais;

7) Ando sempre cheia de energia durante o dia;

8) E à noite durmo que nem um anjinho;

9) Deixei de ter a birra da fome. Quando não podia ou não conseguia comer à hora que era suposto, era um verdadeiro stress. Agora como quando realmente tenho fome :) Isto é uma verdadeira sensação de liberdade! Deixei de ser refém da comida :D

10) Apesar de não me poder pesar, nem registar qualquer evolução, em 26 dias com bacon do demo pelo meio, noto diferenças no meu corpo ;) Quer na composição corporal, quer na pele!

11) E a melhor de todas e que me motivou a começar isto... as minhas alergias não têm dado sinal de vida!!! yeahhhh :D

Olhando para trás, foi um ano do caneco!!! :) Que os próximos sejam tão bons ou melhores que este. 

Obrigada por estarem desse lado e por contribuírem todos os dias com a vossa presença, comentários, sugestões, críticas e apoio na minha vida. Sim, porque isto também é a minha vida! Obrigada de <3!!! 

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Cestinhos de salmão fumado

Ingredientes:
  • Salmão fumado (ler bem os ingredientes, só pode ter salmão, fumo e sal, nada de conservantes e afins, especialmente para quem está a fazer o whole30);
  • Ovos (preferencialmente, de galinhas felizes);
  • Pimenta 5 bagas e cebolinho qb.
Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180.º

Forrar uma forma de silicone de queques (ou formas individuas, se preferirem) com salmão fumado.

Partir um ovo dentro de cada forma.

Temperar com pimenta 5 bagas e cebolinho - podem ainda adicionar sal, mas como o salmão já é salgado, eu omito.

Levar ao forno até estarem devidamente cozinhados.

Acompanhou salada de espinafres com morangos e nozes
Esta receita serve para o que quiserem! Pequeno-almoço, almoço rápido ou lanche :)

São uma excelente sugestão para levarem na marmita em alternativa aos típicos ovos cozidos!

Arroz de couve-flor de açafrão e coentros

Ingredientes:
  • 5 raminhos de couve-flor;
  • 1 cebola pequena;
  • 2 dentes de alho;
  • Pimento vermelho (opcional, mas recomendável);
  • 1/4 de um molho de coentros;
  • Ghee (manteiga clarificada) ou azeite;
  • Sal, pimenta 5 bagas e açafrão q.b.
Preparação:

Picar a cebola, os alhos e os coentros num processador de alimentos.

No mesmo processador, picar a couve-flor crua até estar semelhante a arroz.

Fatiar o pimento vermelho.

Colocar numa frigideira grande ou no wok todos os ingredientes com ghee, temperar (usem e abusem do açafrão, face às suas propriedades anti-inflamatórias!) e deixar cozinhar. Mexer, ocasionalmente, para não agarrar.

Servir! :)

Esta receita serve como acompanhamento dum refeição ou pode, perfeitamente, em conjunto com uma fonte de proteína - com franguinho fica do melhor - servir de refeição principal. Se forem cá dos meus, basta juntar uns ovos mexidos, coco ralado e temos um pequeno-almoço rico em nutrientes e cheio de sabor!
Aqui está ele com frango!
E ao pequeno-almoço com ovos mexidos e coco ralado
Esta tem sido, seguramente, a minha paixão no whole 30 :)


EDITADO em 23/04/2014

Esta receita tem sido prática corrente cá em casa e ando sempre a introduzir-lhe alterações.

Hoje juntei à receita base, brócolos picados, cogumelos frescos, gengibre e coco ralados, frango cozido desfiado, tudo a saltear com os restantes ingredientes, coloquei num tabuleiro de ir ao forno, dispus umas rodelas de chouriça de bragança e foi só tostar! :)

Ficou esta maravilha! <3

Arroz de couve-flor e brócolos de frango, cogumelos frescos, açafrão e coentros


Peito de frango picante com amêndoas e legumes

Ingredientes:
  • 300g de peito de frango;
  • 1 embalagem de sopa juliana (lombardo, cenoura e nabo ripados);
  • 1 cebola pequena;
  • 1 pimento vermelho;
  • 2 mãos de amêndoas torradas;
  • sal, alho em pó, pimentão doce e pimenta caiene;
  • sumo de limão q.b.;
  • ghee (manteiga clarificada) ou óleo de coco ou azeite.
Preparação:

Cortar o peito de frango aos cubos, temperar com sal, pimentão doce e alho em pó. Reservar.

Cortar a cebola, finamente, às meias luas e fatiar o pimento vermelho.

Numa frigideira grande ou na wok, refogar a cebola com o ghee. Juntar o peito de frango e deixar cozinhar. Reservar a carne.

Na mesma frigideira ou wok, juntar a mistura de sopa juliana (bem lavada), o pimento vermelho e deixar cozinhar. Temperar com sal, alho em pó e pimenta caiene. 

Quando os legumes estiverem quase no ponto que gostam, juntar a carne e as amêndoas, envolver bem no preparado, regar com sumo de limão, até terminar de cozinhar. Rectificar os temperos e servir!


Uma receita a repetir, várias vezes, sem dúvida, neste whole30! 

Rápida, cheia de sabor e com tudo o que é necessário. Para a próxima, vou juntar fruta - maçã laminada e abacaxi, só pode ficar bem :)